Central de Atendimento 24hrs - 0800702-8337

prosat@prosatbr.com.br / (84) 3642-3422 / 3302-6138 / (85) 3253-6560 / 4141-3442

Cuidados com a troca de oléo do seu carro

 

Lubrificar o motor e diminuir o atrito das partes móveis dentro do motor é o principal papel do óleo no carro. Assim, quanto menos atrito ele tiver, menos esforço vai precisar para trabalhar e, consequentemente, a temperatura interna do motor fica mais estável. “O óleo também ajuda na limpeza do motor”, explica Joel Becker, da Mecânica Eliseu.

Segundo ele, cada carro possui em seu manual do proprietário o prazo específico para trocas, mas normalmente a troca deve ser feita entre 5 a 10 mil km. Ou entre 1 a 2 vezes ao ano. “Vale lembrar que quando pegamos longas filas de engarrafamento o carro continua ligado, porém sem rodar, justamente por isso deve-se observar o tempo da troca, não ter como base somente pela quantidade de kms rodados”, orienta.

Para saber qual o melhor óleo ou mais indicado para cada carro Joel sugere primeiramente consultar o manual do proprietário. “Lá, certamente vai constar o óleo específico para cada carro”, aponta. Ele recomenda também usar o óleo recomendado pela montadora, normalmente da mesma marca fornecido pela marca do carro.

Na hora da troca do óleo é importante alguns cuidados: o ideal é procurar por um profissional habilitado e com as ferramentas certas para fazer a troca e, ainda, que dê o destino certo para o óleo retirado do veículo, assim como usar o óleo específico para seu carro e a quantidade de litros correto. Importante também trocar o filtro do óleo. “Dentro do filtro, fica uma pequena quantidade de óleo velho e junto dele algumas partículas de sujeira que o filtro retem para não prejudicar outras partes móveis do carro, então de nada adianta ter óleo novo se o filtro já está contaminado”, alerta o profissional.

 

Fonte: O Diário



Rodapé